Pobre lua

by Edgar . 0 Comments

Pobre lua, sozinha a orbitar.
Desculpe-me, não sou poeta.
Não comporei ode ao seu luar.

Não que não sejas bela!
Tu sabes, lua.
É que a tua é menor que a dela.

Ela, ó lua!
Ela me encanta.
Não te zangues.

Te quero bem.
Mas ela,
Ela me tem.

E.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *