Fundo do Baú

Poema Quântico

by Edgar . 0 Comments

A gravidade já não tem mais sentido
Meus pensamentos flutuam no não-espaço
Um não-lugar entre os p-brahmas que separam e conectam universos
Eu sou apenas uma possibilidade
Um estado de onda absorvendo informações
Um quanta reverberando emoções
Imerso no mar de incertezas que governam o caos
Meus pensamentos fluem por dimensões retorcidas
E alimentam quasares
Criam novos multiversos
Renovam o eterno fluxo cósmico
O devir…

*Gestado e parido ao som de Navigate The Seas Of Sun (Bruce Dickinson) enquanto voltava para casa após mais uma manhã de aulas, em algum dia do ano de 2007…

Resgatado de https://edmort.wordpress.com/2007/10/22/poema-quantico/